Tendências do e-commerce e relacionamento de marcas e clientes

05 de abril de 2018

 

Profissionais que trabalham com e-commerce e marketplace estão sempre em busca de informações para melhorar processos e resultados do seu negócio.  Tendências e novas ferramentas do mercado foram tema no Congresso E-Commerce Brasil ADS&PERFORMANCE 2018Os congressistas convidados abordaram temas diversos, focando em performance e mídia para e-commerce.

Nos temas apresentados nesta edição, podemos destacar a palestra Incremente suas vendas com Big Data e Machine Learning, guiada pelo Executivo Comercial da Shopback, Douglas Lemos. Há tempos falamos do uso de dados para o varejo. O desafio das empresas agora não é mais coletar o grande volume de informações, mas sim criar estratégias melhor delineadas.  A inteligência do Machine Learning permite uma análise mais profunda de comportamento, avaliando rejeição, interação e aceitação de determinado conteúdo.

A utilização das redes sociais seja para estabelecer o relacionamento entre marcas e clientes ou concretizar vendas segue sendo pauta. As palestras abordaram os pilares de venda pelo Facebook, influenciadores para melhores resultados no Instagram; possibilidades da ferramenta Google Analytics.  Além disso, os painéis debaterem estratégias de vendas e marketing de empresas líderes em seus setores. Entender a participação das redes sociais no envolvimento do usuário durante a navegação e quais aspectos influenciam o emocional dos compradores é uma maneira de obter novas ideias para a loja virtual. Inclusive, as redes sociais já estão integrando as lojas dentro da plataforma, criando ícones que facilitam a compra. Por exemplo, o Instagram recentemente lançou o recurso que permite aos perfis comerciais marcarem produtos em publicações orgânicas.

Brian Moroz, Creative Strategist da Google, compartilhou lições que a companhia aprendeu após análise da performance de diferentes lojistas e players americanos e brasileiros. Algumas que podemos destacar para refletir a respeito da relação do consumidor com as redes sociais:

Quicksilver Self
É uma características de pessoas que, por meio do mobile, usam informações disponíveis online para criar uma relação com o mundo físico. Moroz citou como exemplo os indivíduos que buscam por restaurantes perto da localização ou do local que pretendem ir.  Dados do Google mostram que 50% dos usuários buscam indicações de produtos pelo smartphone e visitam de fato a loja física posteriormente.

Energy Exchange
O compartilhamento de emoções é um dos principais motivadores para o uso das redes sociais e uma das justificativas para os vídeos virais da internet.

Cooperation e collaborations
Brian Moroz comentou que a grande vantagem da presença das marcas no online é a facilidade de se aproximar do consumidor.  Um exemplo de ação foi a campanha Smile With Lays, da marca de salgadinhos, que convidava os consumidores a tirarem selfies sorrindo e completando a imagem das embalagens. As imagens postadas na rede social impulsionaram outras pessoas a fazer o mesmo. A proposta da campanha era arrecadar dinheiro para pagar pela cirurgia plástica de crianças com deformações no rosto que as impediam de sorrir.

Sobre as avaliações online, uma nova tecnologia chega ao Brasil e promete combater falsas reputações de e-commerce. No momento, serviços robóticos geram avaliações negativas, o que causa uma falsa impressão do serviço prestado pela empresa mal avaliada e impacta diretamente nos resultados de vendas. A novidade chega após a  multinacional francesa Opiniões Verificadas (Verified Reviews) comprar a TrustedCompany Brasil, plataforma aberta e independente de avaliações. A multinacional tem seis escritórios espalhados pela Europa, Estados Unidos e Brasil, e identificou no Brasil carência neste tipo de serviço.

Deixe seu comentário

Seu email não sera publicado. Campos com * são obrigatórios.