8 erros mais comuns das lojas online que você não pode cometer

10 de março de 2017

erros-loja-online

Embora o e-commerce apresente muitos benefícios como flexibilidade, custos reduzidos e representatividade na internet; criar e administrar uma loja online não é um trabalho tão simples e pode levar a alguns erros por falta de conhecimento – e se você é um empreendedor digital sabe bem disso.

Além de escolher uma plataforma e ir atualizando produtos, é necessário ter atenção com diversos outros fatores para manter o seu e-commerce e alcançar um bom resultado nas vendas. Para que você não caia em falhas recorrentes que podem desacelerar os seus números, listamos os 8 erros mais comuns no mercado online:

1. Domínio mal construído

dominio-lojaO endereço da sua loja online na internet não somente diz muito sobre ela, mas com certeza pode influenciar na quantidade de acessos. De nada adianta você construir uma loja bem estruturada e não dar atenção ao domínio registrado. Considerando que o caminho para o seu site pode ser por buscas no Google, todo o trabalho pode ir por água abaixo se você não cuidar isso.

Para evitar que isso aconteça, dê preferência para um nome de domínio curto e fácil de ser memorizado. E além do nome da sua marca, priorize também palavras-chave que se relacionem com o segmento que seu e-commerce está inserido. Isso facilita para aproximar o cliente em potencial.

2. Layout desvalorizado

layout-designVamos supor que o consumidor agora é você mesmo. Imagine que você vá fazer uma compra e se depare com um site que utiliza um layout fraco ou poluído visualmente. Isso te desmotiva a seguir em frente, não é mesmo? Então pense no consumidor que você quer atingir e prepare o melhor para agradá-lo.

Com a grande concorrência das lojas online, a dica é apostar em um design interessante para o seu site, criando um diferencial para manter o consumidor na sua página logo nos primeiros momentos de acesso. Consulte outras lojas de referência e utilize logos e cores que valorizem a sua plataforma, criando uma identidade de marca de presença.

3. Experiência do usuário ignorada

user-experienceOutro ponto que não deve ser ignorado por todo empreendedor que quer atrair novos clientes e mantê-los é a experiência do usuário. Pense nas ações do visitante ao navegar em sua loja virtual e questione: os botões estão bem organizados? O checkout disponibiliza todos os recursos necessários? O atendimento oferecido é eficiente e resolve os possíveis problemas do consumidor?

Para conferir esse fator, você pode fazer um teste de usabilidade, convidando uma pessoa que ainda não conhece sua loja online para navegar em seu site. A ideia é observar como ela se comporta e se existe alguma dificuldade nas ações que desestimule ela de seguir adiante. Tome nota desses pontos e proponha mudanças se necessário.

4. Apresentação pobre dos produtos

apresentaçãoUma das vantagens das lojas físicas sobre as lojas online ainda é a possibilidade do futuro consumidor obter informações sobre um determinado produto podendo tocá-lo. Como o e-commerce infelizmente não oferece esse benefício (pelo menos ainda), é fundamental caprichar na apresentação de cada item à venda para que o possível cliente não fique com alguma dúvida e desista da compra.

Escolha boas fotos (veja mais sobre a importância das fotos aqui), disponibilizando que o interessado veja o produto de diferentes ângulos e tenha uma melhor ideia sobre o que quer comprar. Também é interessante gravar vídeos de demonstração, eles também podem fazer a diferença e inclusive aumentar as vendas, pois é um recurso que tem o poder de incentivar a decisão pela compra.

5. Opções de pagamento e frete restritos

pagamento-freteUma das vantagens do e-commerce considerada pelos próprios consumidores é a facilidade de poder comparar produtos de diferentes lojas sem precisar ir até elas fisicamente, otimizando o tempo. Mas um erro comum ainda no mercado online é quando uma loja oferece poucas opções de pagamento e frete.

Para que as lojas online realmente ofereçam benefícios completos para quem vai realizar a compra, deve-se disponibilizar diferentes possibilidades quando o cliente for pagar e definir a entrega. Muitas pessoas estão acostumadas a efetuar a compra apenas com determinados gateways ou formas de pagamento, por exemplo, e podem dar um passo para trás se o seu e-commerce não oferecer opções diversificadas. O mesmo vale para o frete: cada usuário tem uma preferência pessoal, e o ideal é considerar o máximo de escolhas possível.

6. Atendimento ao cliente insatisfatório

atendimento-no-e-commercePrestar um bom atendimento ao cliente não se trata de um diferencial, mas hoje é um requisito mínimo para todo empreendimento que quer crescer. Você já deve ter ouvido falar o quanto isso é importante não apenas antes do cliente realizar a compra, mas também no pós-venda se algum suporte for necessário.

Apesar de isso ser uma exigência, muitas lojas online ainda falham ao deixar esse ponto em segundo plano, esquecendo da importância de um atendimento eficiente para fidelizar o cliente. Ao se sentir valorizado, o consumidor com certeza se sentirá mais confortável e confiante para voltar a sua loja, podendo também elevar a reputação do seu e-commerce nas avaliações e indicando para as pessoas próximas.

7. Divulgação fraca

redes-sociaisVocê pode ter a melhor loja do mundo, mas sentirá o impacto de não alcançar as metas se os seus produtos não forem vistos por seus clientes em potencial. Deixar de utilizar o marketing digital como um aliado na divulgação é um dos erros que mais podem influenciar negativamente nas suas vendas.

Embora as lojas virtuais tenham a vantagem de poder ser acessadas a qualquer hora e lugar, você não pode simplesmente esperar que o público a encontre “por acaso”. Para combater isso, invista nas redes sociais para que os consumidores conheçam a sua loja e possam manifestar interesse. Anúncios pagos, e-mail marketing e até mesmo estratégias de SEO são outras ferramentas que trazem visibilidade ao seu e-commerce. E se isso crescer, suas conversões também têm essa grande chance.

8. Falta de monitoramento do mercado

monitoramentoPode parecer estranho, mas muitas lojas inseridas no mercado online não acompanham as tendências e o desempenho da concorrência. Por causa disso, torna-se fundamental valorizar essa prática, pois ter uma visão ampliada de como os outros e-commerces estão atuando é essencial para planejar estratégias que levem ao crescimento.

Ignorar a concorrência seria como apostar em uma ideia de olhos fechados, e ter noção de como ela está se comportando virou um pré-requisito para poder impulsionar suas vendas. Diante disso, analisar não só os preços, mas também as ações tomadas por seus concorrentes traz um impacto positivo para o seu e-commerce, fazendo com que você busque algum diferencial para se destacar no mercado. Existem ferramentas que realizam esse serviço automaticamente, otimizando o tempo e oferecendo praticidade nessa demanda.

Agora que você conhece os principais erros cometidos pelos empreendedores da internet, fique atento para não reproduzi-los através das dicas que apresentamos. Pode ser que você já esteja com esses itens alinhados, mas sempre vale a pena ressaltar para que os seus negócios não desacelerem.

Lembrou de mais alguma falha comum das lojas online? Compartilhe com a gente através de um comentário.

Redação do Portal WebGlobal

Gabriela Giacomini Autor

Gabriela é editora de conteúdo da WebGlobal. Graduada em Letras e em Jornalismo, tem experiência escrevendo assuntos relacionados ao e-commerce e à tecnologia, buscando sempre desenvolver e compartilhar conteúdos ricos.

Deixe seu comentário

Seu email não sera publicado. Campos com * são obrigatórios.